Linhas de Atuação

Enzimas para uso industrial

Enzimas de origem microbiana para uso industrial: compreende tanto a utilização de microrganismos naturalmente produtores de enzimas em seu estado selvagem, ou melhorado por técnicas convencionais (não-transgênicos), quanto de seus derivados, como extratos enzimáticos, enzimas purificadas, coquetéis enzimáticos e outros biocatalisadores de origem microbiana. Estas enzimas podem ser de diversos tipos como proteases, fitases, lipases, celulases, amilases e possuem aplicações na indústria de combustíveis, químicos, alimentos, têxtil, materiais, fármacos, entre outras.

Enzimas produzidas por microrganismos geneticamente modificados: compreende tanto a utilização de microrganismos geneticamente modificados para produção de enzimas recombinantes, quanto de seus derivados, como extratos enzimáticos, enzimas purificadas, coquetéis enzimáticos e outros biocatalisadores de origem microbiana. Estas enzimas podem ser de diversos tipos como proteases, fitases, lipases, celulases, amilases e possuem aplicações na indústria de combustíveis, químicos, alimentos, têxtil, materiais, fármacos, entre outras.

Processos enzimáticos para transformação de biomassa e seus derivados: compreende processos, isolados ou integrados, a etapas de pré-tratamento de biomassa, que utilizam reações bioquímicas catalisadas por enzimas para processamento, conversão ou desconstrução de biomassa e seus derivados visando a geração de blocos construtores e intermediários químicos úteis para produção de combustíveis, químicos, têxtil, alimentos, fármacos, entre outros.