Linhas de Atuação

Microrganismos para uso industrial

Microrganismos para produção de biocombustíveis e geração de energia: são aqueles capazes de produzir biocombustíveis, ou seus precursores como biomassa, ácidos graxos, amido, entre outros. Enquadram-se, também, aqueles utilizados como agentes transformadores de matérias-primas de origem biológica – como celulose, sacarose e amido – em biocombustíveis acabados ou seus precursores. Destacam-se, ainda, as leveduras produtoras de etanol, bactérias metanogênicas, fungos celulolíticos, microalgas, entre outros.

Microrganismos para produção de químicos renováveis e biomateriais:encaixam-se nesta categoria os microrganismos utilizados de forma isolada ou consorciada para produção de químicos e biomateriais, tais como blocos construtores, compostos bioativos, químicos de alto valor agregado, nanofibras, biopolímeros, entre outros.

Microrganismos para a remediação e agregação de valor a resíduos e subprodutos agroindustriais: encaixam-se nesta categoria os microrganismos utilizados de forma isolada ou consorciada para remediar resíduos, subprodutos e efluentes (sólidos, líquidos ou gasosos) derivados da agroindústria. Também estão compreendidos os microrganismos, isolados ou consorciados, utilizados para converter resíduos e efluentes derivados da cadeia agroindustrial em produtos úteis, como biomassa, blocos químicos construtores, biocatalisadores, materiais, alimentos, fármacos, entre outros.