10/05/2016

A Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (EMBRAPII) comemora, hoje (10/05), três anos de criação. No período, já foram credenciadas 28 instituições tecnológicas, sendo 23 Unidades EMBRAPII e cinco Polos de Inovação em diversas áreas de competência, que atuam na execução de projetos de inovação industrial, em parceria com empresas nacionais e estrangeiras. Por meio de um modelo de negócios compartilhado, inédito no setor, a EMBRAPII já assinou, desde então, 108 projetos no valor total de R$ 178 milhões.

Embora jovem, a ideia de tornar a EMBRAPII possível é antiga. A primeira menção à sua existência surge em 2007, por meio de um estudo da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), encomendado pela Sociedade Brasileira de Física. No estudo, é sugerida a criação de uma Empresa Brasileira de Ciência e Tecnologia Industrial, cuja sigla seria Embracti, e que teria a missão de viabilizar soluções para o desenvolvimento industrial, por meio da geração, adaptação e transferência de conhecimentos e tecnologias, em benefício da sociedade brasileira. Em 2013, os líderes da Mobilização Empresarial pela Inovação (MEI), ligados à indústria, abraçam a proposta e, junto ao Governo Federal, criam, em maio, a EMBRAPII, organização social sem fins lucrativos. Em dezembro do mesmo ano, é firmado o contrato de gestão com o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e o Ministério da Educação (MEC) no valor total de R$ 1,5 bilhões e três Unidades foram credenciadas para testar o modelo EMBRAPII (IPT, INT e Senai Cimatec).

Pelo modelo de negócios compartilhado, o financiamento dos projetos obedece a seguinte regra geral: a EMBRAPII pode investir até 1/3 das despesas das Unidades com projetos de PD&I com empresas, enquanto o restante é dividido entre a empresa parceira e a Unidade. Ao compartilhar riscos de projetos com as empresas (por meio da divisão dos custos do projeto), estimula-se o setor industrial a inovar mais e com maior intensidade tecnológica para, assim, potencializar a força competitiva das empresas, tanto no mercado interno como no mercado internacional. Com a boa avaliação da fase piloto – foram fechados R$ 188 milhões em projetos – a EMBRAPII avança em sua missão e em 2014 abre duas Chamadas Públicas para selecionar dez novas Unidades e cinco Polos, estes ligados ao MEC, os Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia. O resultado da seleção para Unidades foi divulgado em agosto do mesmo ano. Já a dos Polos, em março de 2015.

Com mais Unidades em funcionamento, a EMBRAPII fechou 2015 com 64 projetos no valor total de R$ 120 milhões. Entre os clientes parceiros, empresas de peso como Braskem, Embraer, Natura, Renault, Volvo, Votorantim e Whirpool. Os projetos entregues representaram economias significativas para as empresas, graças ao fator inovador deles. Como o robô subaquático, desenvolvido pela Unidade EMBRAPII Senai Cimatec, em parceria com a BG Brasil, que faz avaliações em plataformas instaladas em águas profundas, sem a necessidade de o homem ter que mergulhar, promovendo sua segurança. Ou uma nova tecnologia para cimentos dentários, que reduz seu tempo de secagem nos procedimentos odontológicos, desenvolvido pela Unidade EMBRAPII IPT, em parceria com a Angelus.

O ano de 2016 começa com dez novas Unidades credenciadas, sendo três em Biotecnologia. Com a seleção, a EMBRAPII possui, hoje, 28 Unidades e Polos aptos a desenvolver projetos de inovação tecnológica com empresas de diversos portes. Além da excelência dos projetos e um rigoroso acompanhamento de suas etapas, outro diferencial é a agilidade na execução dos recursos, sem burocracia, direto na conta da Unidade. “A EMBRAPII é a realização de um sonho da comunidade científica. Ela chega para resolver uma lacuna entre a pesquisa e as necessidades da indústria, que precisa de inovação e conhecimento para aumentar sua competitividade. Ainda temos um longo caminho para chegarmos aos níveis adequados de investimentos em inovação, mas certamente estamos fazendo bem a nossa parte”, diz o diretor-presidente da EMBRAPII, Jorge Guimarães.

arrow-down arrow-left arrow-right arrow-up Close Contato E-mail Facebook Google Home Instagram Linkedin local minus phone Pinterest plus Busca comparilhar telephone Twitter user view YouTube line-contact line-email line-facebook line-google line-home line-instagram line-linkedin line-local line-phone line-pinterest line-plus Busca line-share line-telephone line-twitter line-user line-youtube