As três novas unidades credenciadas receberão R$ 18,7 milhões para inovação industrial nas áreas de Química Verde, Biossintéticos e Materiais Avançados

A Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (EMBRAPII) selecionou três Institutos SENAI de Inovação (ISI) para ingressar em sua rede de Unidades EMBRAPII. São eles: o ISI Biossintéticos e Fibras; o ISI Química Verde, ambos na cidade do Rio de Janeiro; e o ISI Materiais Avançados e Nano compósitos, em São Bernardo do Campo, no ABC paulista. As novas Unidades terão disponíveis R$ 18,7 milhões da EMBRAPII para Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I) em parcerias com empresas brasileiras.

A EMBRAPII financia até 1/3 de projetos de inovação de empresas brasileiras com recursos não reembolsáveis oriundos do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações; e da Educação. Aos valores da Organização se somam recursos das próprias Unidades e as contrapartidas da empresa. A expectativa é que o credenciamento das novas Unidades gere R$ 56 milhões em novos projetos, uma meta de 69 projetos para os próximos anos.

As áreas de competência selecionadas têm alta demanda por inovação e de mercado e podem contribuir com o aumento da disponibilidade de produtos sustentáveis de padrão internacional no país, seja pela melhoria de processos ou pelo desenvolvimento de novas tecnologias.  

A entrada de Tecnologias em “Biossintéticos e Fibras” no hall de expertises da rede de Unidades EMBRAPII permitirá a indústria produzir soluções na área química e da biotecnologia industrial. A área “Química Verde”, que permite a recuperação de rejeitos industriais, também está em consonância com o desenvolvimento de substâncias e processos químicos sustentáveis. Já a competência “Materiais Avançados” permitirá aprimorar e criar produtos e processos que, por sua vez, possam gerar redução de custos, tecnologias mais avançadas e sistemas mais produtivos.

O diretor de Operações da EMBRAPII, Carlos Eduardo Pereira, destaca que, ao inovar, as empresas podem desenvolver produtos de maior valor agregado, reduzir custos e aumentar a eficiência de seus processos produtivo e de gestão. “As áreas de competência selecionadas nesta chamada poderão oferecer à indústria o desenvolvimento de produtos e processos inovadores e interligados com as práticas sustentáveis de produção, gerando benefícios econômicos e sociais”, destacou.

Ao serem credenciados na rede, os Institutos podem oferecer à indústria, além da possiblidade de financiamento não reembolsável, a experiência no acompanhamento em todas as fases do projeto e na gestão de riscos. Desde sua fundação, a EMBRAPII já fechou 900 projetos no valor total de R$1,45 bilhão. Com o novo resultado, chegam a 44 o número de Unidades credenciadas.

“A rede nacional de 27 Institutos SENAI de Inovação agora possui 15 unidades credenciadas na EMBRAPII, um modelo ágil e desburocratizado de financiamento de projetos inovadores”, afirma o diretor-geral do SENAI, Rafael Lucchesi. “O credenciamento comprova o nível de excelência dos centros do SENAI, que é hoje o principal parceiro da indústria brasileira no desafio da inovação tecnológica”.

arrow-down arrow-left arrow-right arrow-up Close Contato E-mail Facebook Google Home Instagram Linkedin local minus phone Pinterest plus Busca comparilhar telephone Twitter user view YouTube line-contact line-email line-facebook line-google line-home line-instagram line-linkedin line-local line-phone line-pinterest line-plus Busca line-share line-telephone line-twitter line-user line-youtube