As novas tecnologias devem envolver as áreas degeração e armazenamento de energia, mobilidade elétrica e agricultura 4.0.

A Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (EMBRAPII) e a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás (FAPEG) assinaram nessa quarta-feira (15), parceria para promover o desenvolvimento de tecnologias disruptivas na indústria goiana. As duas organizações vão investir R$ 4,75 milhões em projetos de inovação executados em Unidades EMBRAPII do Estado de Goiás.

Os recursos estão disponíveis às empresas goianas que desejam inovar nas áreas degeração e armazenamento de energia, mobilidade elétrica e agricultura 4.0. Entram nas temáticas: fontes de energia renovável, produção e armazenamento de hidrogênio (H²), armazenamento de energia elétrica, produção de HVO (Hydrotreated Vegetable Oil), veículos elétricos autônomos, distribuição de energia e conectividade no campo.

Para ter acesso, a empresa deve buscar uma Unidade EMBRAPII no estado e apresentar o seu desafio tecnológico. O financiamento da instituição obedece a seguinte regra geral: a EMBRAPII pode investir até 50% das despesas das Unidades com projetos de PD&I (recursos não-reembolsáveis), a FAPEG aportará 1/3 do valor do projeto e o restante será parte da empresa parceira. Ao compartilhar riscos de projetos com as entidades (por meio da divisão dos custos do projeto), estimula-se o setor industrial a inovar mais e com maior intensidade tecnológica para, assim, potencializar a força competitiva das empresas no mercado interno e internacional.

Conheça as Unidades EMBRAPII em Goiás

A Unidade EMBRAPII em Inteligência Artificial, sediada no Instituto de Informática da Universidade Federal de Goiás (UFG),  conta com pesquisadores do Centro de Excelência em Inteligência Artificial (CEIA). A Unidade tem equipes dedicadas e multidisciplinares para desenvolver soluções tecnológicas em Inteligência Artificial, com ênfase no aprendizado de máquina (Deep Learning), a partir de dados e de ambientes.

A Unidade EMBRAPII de Eficiência Energética IFG – Instituto Federal de Goiás, credenciada por intermédio do Centro de Referência em Pesquisa e Inovação (CiteLab) da Instituição, possui atuação na área de Tecnologias Energéticas Industriais, com foco nas áreas de geração de energia elétrica, eficiência energética, fontes de energia renováveis, geração de energia a partir de fontes limpas e reaproveitamento de matéria-prima.

E o IF Goiano – Rio Verde, credenciado pela EMBRAPII para atuar na área de Tecnologias Agroindustriais. Seu objetivo é gerar soluções inovadoras por meio de pesquisa aplicada à solução de problemas reais enfrentados pelas empresas do setor, atuação em tecnologias para manejo agrícola, tecnologias para processamento e armazenamento de grãos.

Sobre a EMBRAPII

A EMBRAPII é uma organização social com contrato de gestão com o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), Ministério da Educação (MEC) e Ministério da Saúde. Desde 2013 atua por meio da cooperação com instituições de pesquisa científica e tecnológica, públicas ou privadas, tendo como foco as demandas empresariais e como alvo o compartilhamento de risco na fase pré-competitiva da inovação.

arrow-down arrow-left arrow-right arrow-up Close Contato E-mail Facebook Google Home Instagram Linkedin local minus phone Pinterest plus Busca comparilhar telephone Twitter user view YouTube line-contact line-email line-facebook line-google line-home line-instagram line-linkedin line-local line-phone line-pinterest line-plus Busca line-share line-telephone line-twitter line-user line-youtube