Organismo Internacional reconhece a capacidade técnica dos centros de pesquisas credenciados (Unidades EMBRAPII) e a necessidade de garantir recursos à EMBRAPII

A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) aponta que a Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (EMBRAPII) figura como “uma das novidades mais eficazes no sistema de inovação brasileiro”. A declaração faz parte do relatório “O Caminho da era Digital do Brasil”, em que a OCDE analisa as recentes conquistas na economia digital do país, revisa políticas relacionadas à digitalização e faz recomendações para aumentar a coerência das políticas nessa área.

Segundo a publicação, a atuação da EMBRAPII para estimular a cooperação pública privada no desenvolvimento de novos produtos e processos inovadores se apresenta como estratégica eficaz para manter cérebros no país e explorar o desenvolvimento da pesquisa aplicada da indústria nacional. As parcerias resultaram em mais de 300 pedidos de Propriedades Intelectuais.

O relatório também destaca a capacidade técnica e a qualidade da infraestrutura de pesquisa das Unidades EMBRAPII e a sua crescente especialização em IoT e em manufatura avançada. Há sugestão de integrar as áreas de conhecimento e a formalização de rede formalizadas – algo que foi aplicado recentemente com a criação de redes de inovação nas áreas de inteligência artificial e de grafeno, o material do futuro.

A OCDE enfatiza o potencial da EMBRAPII para encontrar soluções para os desafios mais difíceis de PD&I, sobretudo ao tratar de inovação aberta, envolvendo mais de uma empresa, e faz um paralelo com outros países que investem sistemas colaborativos para alavancar o conhecimento existente e disponibilizá-lo para um grande número de empresas, e dessa forma conectar empresas estabelecidas a pesquisadores ou startups.

Garantia de Recursos – A OCDE destaca que é necessário assegurar suporte financeiro à EMBRAPII para aumentar o número de unidades e garantir maior cobertura temática e geográfica. Segundo a Organização, a recente reforma da Lei de Informática e seus mecanismos de captação de recursos segue na direção certa

.A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) representa uma estruturação formada países e parceiros estratégicos dedicados ao desenvolvimento econômico. Atualmente, a organização conta com 36 membros, que buscam uns aos outros, a fim de identificar, discutir e analisar problemas, promovendo políticas capazes de solucioná-los. São eles: Alemanha, Austrália, Áustria, Bélgica, Canadá, Chile, Coreia do Sul, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estados Unidos, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Hungria, Islândia, Irlanda, Israel, Itália, Japão, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, México, Nova Zelândia, Noruega, Polônia, Portugal, Reino Unido, República Checa, Suécia, Suíça e Turquia.

arrow-down arrow-left arrow-right arrow-up Close Contato E-mail Facebook Google Home Instagram Linkedin local minus phone Pinterest plus Busca comparilhar telephone Twitter user view YouTube line-contact line-email line-facebook line-google line-home line-instagram line-linkedin line-local line-phone line-pinterest line-plus Busca line-share line-telephone line-twitter line-user line-youtube