Veículo submarino autônomo capaz de realizar inspeções visuais em 3D de alta resolução para alcançar níveis avançados na exploração petróleo e gás em águas profundas. Possui custos reduzidos de operação e maior segurança operacional e de proteção ao meio ambiente. O protótipo, primeiro no Brasil, foi desenvolvido pela empresa BG Brasil e pela Unidade EMBRAPII SENAI CIMATEC.

“A EMBRAPII recebe com satisfação o resultado desse projeto em parceria com a BG Brasil. O novo robô significa extraordinária evolução tecnológica com diminuição de riscos ao trabalhador que opera em águas profundas e mais proteção ao meio ambiente. Estamos certos que esse é só o começo de muitas outras parcerias que desenvolveremos junto à BG Brasil e a CIMATEC”, destacou o diretor-presidente da EMBRAPII, Jorge Guimarães.

O FlatFish residirá em uma estação submarina, eliminando a necessidade de barcos de apoio. O operador será capaz de estabelecer uma missão de inspeção remotamente da superfície. O veículo realizará o planejamento e a execução da missão de forma autônoma, saindo da estação submarina, coletando os dados de inspeção e enviando-os para o operador na superfície.

“Os testes em offshore com o FlatFish, realizados aqui na Bahia, são um marco fundamental para o desenvolvimento de uma nova tecnologia de inspeção submarina. Além de garantir a integridade submarina, estima-se os custos deste tipo de operação sejam reduzidos de 30% a 50%, eliminando a necessidade de um especialista e utilização de barcos de apoio”, ressaltou Adam Hillier, CTO BG Group.

O FlatFish é o resultado de um projeto desenvolvido desde o fim de 2013 pela BG Brasil e o SENAI CIMATEC, com apoio da EMBRAPII, do Instituto Alemão de Robótica e Inteligência Artificial (DFKI) e da ANP. O projeto contou com uma equipe formada por 18 pesquisadores brasileiros.

Empresas relacionadas

  • BG Brasil

Outros Projetos Embrapii