Inovação vai aumentar segurança na terapia de oxigenação extracorpórea ao reduzir risco de coagulação do sangue

Pesquisadores brasileiros estão desenvolvendo uma solução que vai aumentar a segurança no tratamento de ECMO (Oxigenação por Membrana Extracorpórea), terapia utilizada quando há comprometimento do pulmão causado por inflamação, em casos graves de Covid-19, por exemplo. Trata-se de um revestimento biotecnológico capaz de evitar complicações por danos nas células sanguíneas, fato que pode ocorrer neste tipo de tratamento. A iniciativa da Braile Biomédica conta com o investimento da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (EMBRAPII) e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Profissionais da empresa atuam em conjunto com pesquisadores da Unidade EMBRAPII – Senai Cimatec. A inovação vem para solucionar um dos principais riscos enfrentados durante o tratamento do ECMO: a formação de coágulos durante o processo de oxigenação do sangue. Para evitar esses efeitos e aumentar as chances de recuperação do paciente, é necessário o uso de revestimentos na superfície interna dos descartáveis do sistema ECMO de modo a reduzir a coagulação sanguínea e a circulação de citocinas inflamatórias.

Para o desenvolvimento deste revestimento biotecnológico, os estudos buscam avaliar a atuação da albumina (fonte de proteína) como proteção para evitar a formação destes coágulos e reação inflamatória ao sangue do paciente circulado no equipamento.

Primeiro ECMO nacional

O equipamento médico da empresa Braile Biomédica é o primeiro nacional e já está em utilização em diferentes estados brasileiros, inclusive, com negociações no exterior. O tratamento funciona por meio de um equipamento composto por um circuito padrão, no qual o sangue das veias é removido do paciente, bombeado até um oxigenador e depois devolvido ao corpo por meio de uma artéria ou uma veia. Ele também é indicado para adultos ou crianças em casos de transplante de coração, infarto do miocárdio, parada cardíaca e insuficiência respiratória aguda, condição também causada pela Covid-19, no qual há inflamação dos brônquios e o comprometimento dos alvéolos, pequenas estruturas que compõem o sistema respiratório, e funcionam levando o oxigênio à corrente sanguínea. A Unidade EMBRAPII – Instituto ELDORADO foi a responsável pelo desenvolvimento dos componentes eletrônicos e computacionais do equipamento.

Parceria EMBRAPII/BNDES

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou o valor de R$ 20 milhões para apoiar projetos de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I) e realizados em parceria com a Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (EMBRAPII). O apoio financeiro não reembolsável cobre o desenvolvimento das fases finais do projeto, como lote piloto e certificações, permitindo a entrada no mercado de soluções nacionais que atendam também às necessidades do sistema de saúde do país, incluindo tecnologias de combate à pandemia da Covid-19. Até o momento, seis projetos foram beneficiados pela parceria, que destinou R$ 7 milhões em investimentos.

Sobre a EMBRAPII

A EMBRAPII é uma organização social que tem contrato de gestão com o Ministério da da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), Educação (MEC), e Saúde (MS). Em seis anos de operação, totaliza R$ 1,7 bilhão em investimentos em inovação com mais de 1.300 projetos. Em seu modelo operacional, os valores dos projetos de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I) são divididos entre a instituição, as Unidades EMBRAPII (centros de pesquisa credenciados) e a empresa demandante.

Sobre o Senai Cimatec

O SENAI CIMATEC é um campus de pesquisa, inovação e educação referência no país, credenciado pela EMBRAPII para atendimento na área de Soluções Industriais, com um programa avançado de suporte tecnológico para promover a pesquisa aplicada nas tecnologias integradas da manufatura para atender a indústria brasileira, com desenvolvimento de projetos em diversas áreas do conhecimento. Na EMBRAPII apresenta as seguintes linhas de atuação: Automação industrial; Robótica; e Otimização de processos industriais.

arrow-down arrow-left arrow-right arrow-up Close Contato E-mail Facebook Google Home Instagram Linkedin local minus phone Pinterest plus Busca comparilhar telephone Twitter user view YouTube line-contact line-email line-facebook line-google line-home line-instagram line-linkedin line-local line-phone line-pinterest line-plus Busca line-share line-telephone line-twitter line-user line-youtube