Iniciativa faz parte do 2º ciclo do programa “Soja Sustentável do Cerrado”, parceria internacional da EMBRAPII com Land Innovation Fund e AgTech Garage

Quatro startups foram selecionadas para o 2º ciclo do “Programa Soja Sustentável do Cerrado – fomentando o empreendedorismo e a inovação para a produção de soja livre de desmatamento”. A iniciativa é uma parceria entre a Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial – EMBRAPII, o hub de inovação AgTech Garage e o Land Innovation Fund. O objetivo é incentivar empreendedores, startups e pesquisadores a desenvolverem novas tecnologias que sejam viáveis técnica e economicamente, para o setor da soja.

As startups selecionadas, SciCrop, Safe Trace, Agrorobótica e Quiron, agregam soluções de big data, rastreabilidade e responsabilidade socioambiental, inteligência artificial e monitoramento digital para enfrentar algumas das principais demandas de conservação e restauração ambiental da atualidade. Juntas, as empresas escolhidas somam-se às seis integrantes do 1º ciclo para compor um portfólio integrado em favor de uma cadeia de suprimentos da soja sustentável, livre de desmatamento e de conversão da vegetação nativa.  Desenvolvido em quatro ciclos, o programa conta com recurso inicial de cerca de R$2,2 milhões para apoio às startups, com a possibilidade de aumento de receita a partir da entrada de novos parceiros interessados em apoiar o ecossistema de inovação pela sustentabilidade do agronegócio.

Segundo a AgTech Garage, no 2º ciclo do programa, foram recebidas 51 inscrições vindas de 11 estados do país, além do Distrito Federal, e também do exterior. Onze finalistas apresentaram suas soluções para um comitê formado pelo time AgTech Garage e empresas parceiras do programa – Land Innovation Fund, Embrapii e Cargill. Os ganhadores foram escolhidos a partir de critérios como inovação, maturidade e modelo de negócio, perfil da equipe, impacto ambiental e viabilidades técnica e econômica. Também foi levado em consideração o potencial de intercâmbio e complementariedade entre os projetos para enfrentar alguns dos maiores desafios da agenda de sustentabilidade internacional.   “Acreditamos que as finalistas compõem um portfólio de serviços complementares entre si e que juntas podem contribuir ainda mais para o desenvolvimento de tecnologias sustentáveis para a cadeia produtiva da soja”, afirma José Tomé, co-founder e CEO do AgTech Garage.

No ranking final dos projetos selecionados, estão a startup líder em analytics e integração de dados para a agroindústria, SciCrop, com soluções de mensuração de receita para além da área plantada e detecção de quantidade de carbono estocado na propriedade rural; a Safe Trace, empresa que utiliza tecnologia blockchain para rastreabilidade e integração de informações de toda a cadeia produtiva de alimentos, do campo à gôndola, levando transparência ao setor; a startup de inovação tecnológica Agrorobótica, responsável pelo desenvolvimento, em parceria com a EMBRAPII, de uma plataforma de inteligência artificial com tecnologia da NASA para monitoramento da fertilidade do solo, certificação dos nutrientes em folha e dos estoques de carbono na propriedade rural; e Quiron, startup de tecnologia digital e monitoramento 100% remoto para detecção e dimensionamento de ataque de pragas e doenças, e previsão de incêndios com até sete dias de antecedência.

Com duração de seis meses, o 2º ciclo começa no próximo dia 11 de agosto, e prevê a participação dos  selecionados em uma Jornada de Experiência, com acesso a mentorias estratégicas e técnicas, conexões com executivos da comunidade do AgTech Garage, troca de experiências com empreendedores, participação em eventos, ampla exposição nas redes sociais e acompanhamento de um time de especialistas composto por integrantes de empresas parceiras com foco no desenvolvimento e escala de soluções que possam contribuir com os objetivos do Land Innovation Fund em fomentar a sustentabilidade na cadeia de suprimento da soja. Startupsque se destacarem poderão receber apoio financeiro para o desenvolvimento das soluções. As iniciativas selecionadas complementam os projetos apoiados no 1º ciclo e formam um portfólio de soluções integradas capazes de apresentar soluções de sustentabilidade para a propriedade rural como um todo – da área plantada à floresta em pé”, afirma Carlos E. Quintela, diretor do Land Innovation Fund.

O PROGRAMA:

 O “Soja Sustentável do Cerrado” será desenvolvido em quatro ciclos e conta com recurso inicial de cerca de R$2.2 milhões para apoio às startups, com a possibilidade de aumento a partir da entrada de novos parceiros interessados em apoiar o ecossistema de inovação pela sustentabilidade do agronegócio. A EMBRAPII será responsável pela ponte entre startups e empreendedores com os centros de pesquisas (Unidades EMBRAPII) com infraestrutura de ponta e competências técnicas para aprimorar, quando for o caso, o desenvolvimento tecnológico das soluções, além de cofinanciar tais projetos com recursos não reembolsáveis para pesquisa e desenvolvimento. “A FAO estima que até 2050 a produção de alimentos no mundo precisará crescer 70% para alimentar quase 10 bilhões de pessoas. Estima-se que o Brasil possa responder por 40% do crescimento dessa demanda adicional. Para capturar tal oportunidade, a inovação e a sustentabilidade são agendas estratégicas ao agronegócio brasileiro, que pode contar com o apoio das Unidades EMBRAPII para superar desafios tecnológicos. A interação de grandes empresas com o conhecimento de vanguarda de startups pode criar também um novo patamar de inovação no campo.”, afirma Igor Manhães Nazareth, diretor de Planejamento e Relações Institucionais da EMBRAPII.

O “Soja Sustentável do Cerrado” faz parte do portfólio de projetos financiados pelo Land Innovation Fund para fomentar iniciativas de desenvolvimento sustentável na cadeia de suprimentos de uma das mais importantes commodities do país. Juntos, AgTech Garage e EMBRAPII, com o apoio do Land Innovation Fund, visam reunir o que há de mais moderno em pesquisa e desenvolvimento entre as startups à produção científica acadêmica em prol de projetos inovadores para a cadeia de suprimento da soja livre de desmatamento.

SOBRE O LAND INNOVATION FUND:

Sob administração da Chemonics International, organização com mais de 45 anos de experiência operando em ambientes complexos e atualmente com projetos em mais de 70 países, o Land Innovation Fund trabalha com parceiros estratégicos na Argentina, na Bolívia, no Brasil, no Paraguai e no Uruguai por meio do financiamento, da prestação de assistência técnica e da construção de parcerias, que garantam que a soja utilizada na região seja produzida de forma responsável. O Land Innovation Fund apoia inovações que gerem aumento de produtividade por meio de práticas sustentáveis, mecanismos e abordagens que incentivem produtores a conservar e restaurar florestas e vegetações nativas e ações capazes de mobilizar redes e recursos em prol da transformação da cadeia produtiva da soja. 

SOBRE O AGTECH GARAGE:

O AgTech Garage é um hub de inovação especializado no agronegócio. Criado em 2017, conta hoje com mais de 55 grandes empresas parceiras, líderes em seus segmentos, e mais de 800 startups conectadas em sua comunidade virtual. Pioneiro em fomentar a prática da inovação aberta no agronegócio, suas iniciativas, práticas e ferramentas são responsáveis por impulsionar a competitividade de seus parceiros na construção de produtos e serviços inovadores para uma cadeia agroalimentar cada vez mais digital e sustentável.

SOBRE A EMBRAPII:

A Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (EMBRAPII) é uma organização social que apoia instituições de pesquisa tecnológica em favor da inovação na indústria brasileira. A EMBRAPII atua por meio da cooperação com instituições de pesquisa científica e tecnológica, públicas ou privadas, tendo como foco as demandas empresariais e como alvo o compartilhamento de risco na fase pré- competitiva da inovação. O objetivo da organização é estimular o setor industrial a inovar mais e com maior intensidade tecnológica para, assim, potencializar a força competitiva das empresas tanto no mercado interno como no mercado internacional.

arrow-down arrow-left arrow-right arrow-up Close Contato E-mail Facebook Google Home Instagram Linkedin local minus phone Pinterest plus Busca comparilhar telephone Twitter user view YouTube line-contact line-email line-facebook line-google line-home line-instagram line-linkedin line-local line-phone line-pinterest line-plus Busca line-share line-telephone line-twitter line-user line-youtube